domingo, 6 de dezembro de 2015

The Hunger Games, A Revolta - parte 2

Sim, ainda estou viva!! Eu sei que ando desaparecida mas este semestre a faculdade tem-me consumido o tempo quase todo! Ai, ai, esta vidinha académica não é só farra e copos (antes fosse)... 



Enfim, lamúrias à parte, nesta sexta à noite decidi ir com a minha maninha (minha companheira de todos os dramas) ver o novo filme dos Hunger Games. Foi por causa dela que apanhei o gostinho por estes filmes quando, há um ano atrás fomos ver o anterior, por isso tinhamos de manter a tradição. 
Tinha pipocas, estava encostada ao ombro da mana, tinha tudo para ser um bom filme, mas não foi bem como esperava... Acho que se perdeu um pouco a essência do que são os Hunger Games. Foram poucos os momentos do filme em que realmente me senti envolvida pelo que estava a ver. Sim, houve momentos de ação, mas não foi nada por aí além. A Revolta parte 1 não tinha sido nada e especial e esta também ficou no mesmo patamar. O final então foi mesmo o que menos gostei. *SPOILER ALERT* Nada contra o "e viveram felizes para sempre" mas não dava para ser menos clichê? Para mim foi como bacalhau cozido com grau: não é bom nem é mau, come-se. 

E vocês já viram The Hunger Games, A Revolta - parte 2? Ou não é bem o vosso tipo de filme? 

Lembrem-se:
Keep your heels, head and standards high,
Vanessa S.

4 comentários:

  1. Já vi o filme e tambem nao superou as minhas expectativas (apesar de ja ter lido os livros antes de ver os filmes) faltam muitos pormenores principalmente neste último filme.

    beijinhos
    http://nervosadolescentes.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não li os livros, mas senti o mesmo...

      Vanessa S.

      Eliminar
  2. Como te compreendo, a universidade consegue ser um verdadeiro poço que nos consome todas as energias. Falo com conhecimento de causa em relação à arquitectura. Quanto ao filme, sou fã desde o primeirinho de todos e tenho vindo a consumi-los um a um e a sabores-los da melhor forma, todavia ainda não tive oportunidade de ver o último. Estou no mínimo curiosa mas mantenho as expectativas num patamar razoável para não sair desapontada da sala de cinema. Um grande beijinho *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Manter as expectativas baixas é sempre uma boa estratégia :P

      Vanessa S.

      Eliminar